Archive for the ‘Culinária’ Category

Pudim de maria mole + pequenas tragédias do lar.

Novembro 17, 2009

DSC01854

O endereço do Bicha Fêmea agora é www.bichafemea.com, você vai dar uma passadinha por lá?

Posso falar? Consegui fazer este pudim logo acima, que ficou gostoso e eu superultramega recomendo. A receita? Eu segui esta aqui, que foi publicada pela Fabiana Correia, lá do blog Delícias Culinárias e, oh! Segui a risca.

A receita é muito fácil, mas para as pessoas normais. Para mim, que sou uma anta nesses domínios, lógico que a receita não sairia sem algumas pequenas tragédias, ?EmoticonThumbsDown

Eu consegui as seguintes façanhas:

1 – Queimar o dedo enquanto mexia a calda no forno;EmoticonCrying

2 – Sujar todo o chão com pingos de calda de caramelo, porque joguei a água morna no açúcar derretido com a delicadeza de um rinoceronte em loja de cristais;EmoticonGoofy

3 – Espirrar creme de leite no balcão, no copo do liquidificador, na caixa de leite condensado e em outros objetos em volta enquanto abria a lata de creme de leite. Como consegui? Não, não me pergunte. Nem eu sei, bonita. Só sei que foi assim…EmoticonThumbsUp

4 – Sujar ainda mais o balcão e tudo em volta quando fui bater a mistura de maria mole com leite, porque não tampei o liquidificador direito.EmoticonSad

E com tudo isso, marido disse que não queria nem chegar perto da cozinha para não ver minha atuação. Por que será, hein?EmoticonConfused

Ei! Você é normal, ? Então não se deixe abater viu, bonita? Pegue a receita e faça, porque se uma criatura do meu modelo consegue fazer, para você isso vai ser miolo de pote…

E O Domingo? Como Vai?

Novembro 8, 2009

O endereço do Bicha Fêmea agora é www.bichafemea.com, você vai dar uma passadinha por lá?

O meu vai bem…

E poderia ser melhor?

DSC01858

DSC01862

Delicadezas simples, como panquecas feitas pelo marido para o café da manhã, é que trazem alegria a vida…

É ou não é?

As bichas fêmeas falam…

Você ainda duvida que o melhor do Bicha Fêmea está mesmo nos comentários? Até receita de panquecas saiu, bonita! E isso complementa bem e “por demais” o post, não?! Olha só o que comentou a Raquel, lá do blog Simples e Original:

“…Essas panquecas são uma delícia, mas aqui em casa quem faz sou eu! Eu cheguei até a postar a receita no meu blog, se as bichas fêmeas estiverem interessadas em experimentar – e eu recomendo – podem pegar a receita aqui ó…”

Obrigada, Raquel!!

Bicha Fêmea Convidada

Maio 14, 2009

 

Este blog mudou de endereço, que agora é WWW.bichafemea.com     >>>>> passa lá!

 

Por Yvone – Casas Possíveis

adorando estar aqui. Quando a Lidiane me convidou, fiquei tentando pensar como resumir tantos aprendizados… Bom, lá vamos nós…

www.theshinysquirrel.com – Adoro artesanato, de todos os tipos. Meti-me a fazer várias coisas, dentre elas: pintura em tecidos para decoração, já pintei telas enormes, pinturas especiais para móveis e paredes, decoupage, etc. Conclui cursos importantes como Arquitetura de Interiores, Paisagismo, Jardinagem e até Hotelaria… Entre uma descoberta e outra, aprendi a fazer fuxico, crochê e outras coisas com paninhos e papeis…

Ah, o artesanato; Comecei a fazer minhas primeiras tentativas artesanais já na adolescência, mas não vendia, apenas fazia para mim, para a família ou amigas. Estava sempre inventando uma moda, “costumizando” como se diz hoje.

– Já fui maquiadora profissional, balconista, já trabalhei em feiras e eventos, recepcionista, vendedora, relações públicas e também já fui gerente comercial em uma indústria grande, e por conta deste trabalho conheci vários países principalmente da Europa.

2.bp.blogspot.com (4) Entre mil atividades fora e dentro de casa, entre uma maternidade e outra nunca mais parei de criar e nem de trabalhar, ixi, muita coisa…

-Tenho três lindos filhos criados e formados, sou sortuda pra caramba… Porque eles são muitos especiais!

-Sou muito organizada, o que ajuda bastante, quando digo que guardei algo pode apostar que está lá… Até por causa desse lado muito aguçado um dia resolvi juntar todos os conhecimentos e trabalhar como Organizadora Profissional – Atividade essa que exerço até hoje.

– Amo meu marido… (Ele é muito desorganizado, acho que nos completamos, ele bagunça e eu arrumo)

– Odeio ficar doente, ou ver quem amo doente, cuido melhor dos outros do que de mim mesma, as vezes deixo a desejar comigo mesma…

caideboca.files.wordpress.com – Já cozinhei muito; tive um pequeno bistrô, e lá na pousada construí um fogão a lenha (era um sonho), mas o que mais adoro é fazer sopas… uhum

Minhas sopas sem falsa modéstia são de tomar de joelhos, são famosas por todos os que me conhecem. Se Deus me dissesse para escolher a comida que eu ia comer no céu, por toda a eternidade, eu não teria um segundo de hesitação: escolheria sopa.

Camarão, picanha maturada, salmão, os pratos mais refinados: tudo me seria insuportável após umas poucas repetições. Mas não é assim com as sopas. Minha relação com as sopas é mais que gastronômica: é uma relação de ternura. Elas me reconduzem à cozinha de minha casa de menina, à casa das minhas avós, às tardes de inverno.

– Uma bizarrice: Já desfilei pra concurso de rainha do carnaval (fiquei em segundo lugar) na época tinha uns muitos quilos a menos, pernas bem torneadas… aaiai não gosto de nem de lembrar…que horror!

– Se deixar falo pelos cotovelos, deve ser por causa da sopa de letrinhas que eu adorava tomar quando criança.

farm3.static.flickr.com – Adoro falar bobagens (mas também falo séria e muito), faço facilmente amizades, e luto pra que durem, quando fico amiga de alguém, acredito muito na sua sinceridade, e às vezes quebro a cabeça… Mas também não pisa nos meus calos, que quando o sangue sobe aiiiii, sai de baixo, perco a cabeça e ai o bicho pega.

– Gosto de ver filmes, ler, ouvir musica navegar na net, adoro dormir tarde e detesto levantar cedo.

– Quando gosto de uma coisa ou de alguém, gosto me dôo de verdade… Sou totalmente coração… Mas estou tentando mudar um pouco pra razão – Odeio me decepcionar e chorar.

– Amo a natureza, os bichos, fotografias apesar de não saber direito… Um dia me dou uma daquelas maquinas enormes, com uma baita lente… Escrever é outra paixão – Dois livros estão a caminho, e muitos contos também.

– Eu nasci em Sampa, já gostei mais da minha cidade, agora espero o tempo de partir daqui para ali.

Bom já que falei das sopas vou falar da cozinha.

picture-book.com Nunca cozinhei antes de casar e quando casei logo arrumei alguém para fazer essa parte, de modo que para mim o que aparecesse na mesa estava bom. Só pus a mão na massa mesmo depois que meu primeiro filho nasceu – o pediatra passava as receitas das primeiras papinhas e sucos e lá ia eu atrás da minha mãe ou das minhas tias para saber como fazia, se refogava ou botava pra cozinhar direto, acabei me interessando e logo fui aprendendo mais.

E vieram os tempos em que ir para a cozinha foi ficando raro. E um vazio nascia em mim. Mas sempre tinha sorte e arrumava pessoas para me ajudar em casa, que acabava captando o meu estilo, e passavam a cozinhar melhor que eu. Hoje também dou treinamento doméstico.

Anos mais tarde acabei descobrindo um segredo: que cozinhar me relaxava. Devorei livros e revistas e, novamente, cozinhar passava a ser também terapia, podia transformar tensão, mau humor e depressão em nuvens de vapor que sumiam juntamente com o delicioso aroma que desprendia da panela. Já repararam que quando a cozinha exala cheiro de comida boa no fogo, o colorido dos alimentos ilumina a rotina da casa?

retrorenovation.com Em casa por muitos anos fiz da cozinha a sala de estar – Recebia os amigos, batia papo com as empregadas – Um lustre sobre o tampo de uma mesa reforça a importância do móvel e traz “ar” de sala.

Também, próximo à mesa, é sempre bom ter um armário exclusivo ou pequeno aparador para guardar talheres e louças e ajudar nas tarefas ligadas aos lanchinhos.

Meus filhos também faziam muitas vezes a lição de casa na cozinha e, de tanto ficarem por ali observando todo o movimento, acabavam se interessando e assim era comum ver algum deles tentando criar suas próprias receitas; um suco com misturas esquisitas, saladas e molhos com toque diferente, pipocas coloridas, sem falar no brigadeiro e seus formatos pra lá de estranhos – e a sujeira em cima da pia, é claro!

tastelikecrazy.com A porta da geladeira é muito útil; serve de galeria permanente de fotos; a foto do mais novo membro da família; um clique recente de algum aniversário na família… Ainda sobra espaço para a lista da última compra de supermercado a ser feita, alguma conta urgente, recados, sem falar nos imãs com endereços mais usados.

Um porta-chaves próximo à porta de entrada da cozinha também é imprescindível, assim todos se acostumam e ninguém perde as chaves da casa, ou do carro e serve para pendurar a coleira do peludo.

Descobri ainda que a cozinha também pode ser o melhor lugar para colocar a conversa em dia durante o preparo de um jantar especial para dois.

Podem reparar: requintes para agradar os sentidos e trazer um delicioso clima a casa, começam quase sempre na cozinha. Não importa se as receitas não sejam afrodisíacas – do ponto de vista cientifico. É claro -, desde que beijos e carícias na cozinha o sejam.

aimeegriffith.files.wordpress.com É claro que a comida tem que ser saborosa, mas também é preciso que o prato seja bonito, a mesa esteja arrumada, um vaso de flores e, além disso, um bom vinho branco ajuda a esquentar e temperar o clima.

Rituais culinários são convites à sensualidade. O mais importante, porem, é por a imaginação a funcionar para dar prazer – para si ou para o outro.

Algumas cozinhas são tão desumanizadas que acabam inibindo até os menos resistentes a exercitar seus talentos culinários. São cozinhas frias, sem graça, cheias de máquinas e sem personalidade.

Para mim as cozinhas mais adoráveis e modernas são uma mistura de conforto com lazer se integram à sala ou a um jardim.

Mas, qualquer que seja a proposta, a concepção de uma cozinha passa pelo planejamento da infra-estrutura. Um bom projeto garante uma circulação inteligente, para facilitar o preparo dos alimentos, e um espaço, acima de tudo, organizado para guardar todos os equipamentos necessários ao dia-a-dia desse verdadeiro laboratório de odores e sabores.

Cozinhar é cada vez mais uma arte. Ainda bem que está voltando a ser um local de prazer, onde mulheres e homens praticam seus dons. Onde se pode beber um vinho e comer à luz de velas, reunir amigos enquanto se prepara um prato, ou fazer, solitário, uma comida num fim de noite, ouvindo música.

Truques que aprendi com a mulherada da minha família:

2.bp.blogspot.com (5) – Para o arroz não empapar: colocar um pano de prato seco e limpo entre a panela e a tampa depois do arroz pronto pra não empapar. Eu juro que dá certo. Pode usar papel de cozinha.

– Na hora de descascar legumes ou frutas diziam sempre: a vitamina está na casca. É fato.

– Com elas aprendi que coisa boa se compra na feira. Mas eu não tenho tempo de ir.

– Colocar um pedaço de carvão na geladeira elimina os odores internos e absorve o excesso de umidade.

– Sempre tiravam a gordura das carnes antes de preparar. A gordura da carne vermelha e a pele das aves devem ser retiradas porque, se metabolizadas, são transformadas em colesterol.

thumb.visualizeus.com – Para equilibrar os nutrientes do organismo uma vez por semana é bom comer alguma verdura crua tipo cenoura, beterraba ou pepino.

– Para que as “pás” do liquidificador voltem a ficar afiadas, basta bater casacas de ovo cru.

– Caso o feijão tenha ficado um pouco salgado, aprendi a adicionar algumas folhas de couve. Além de absorver o excesso de sal, dá um bom sabor ao feijão.

– As folhas dos brócolis podem ser utilizadas em sopas e ensopados e até picadinhas no refogado do arroz de cada dia.

Com todas elas aprendi a não desperdiçar nada. Não que eu tenha aprendido tão bem quanto elas, que já naqueles tempos usavam a água que tinham passado na máquina de lavar, ou do enxágüe do tanque para lavar o quintal, a cozinha… Como não existia “tapuér” usavam potinhos de margarina vazios para guardar restinhos de alimentos. Todas eram super ecologicamente corretas, desde há mais de meio século.

retrorenovation.com (2) – Minha avó me ensinou a gostar do cheiro de rosas e de mamão. Ela sempre comprava rosas na feira e comia mamão todo dia, o que a deixava com o cheiro da fruta.

E eu continuo me lembrando de tudo, são pequenas coisas que hoje continuo fazendo, quase involuntário. Passaram para as filhas, para mim, pros nos netos e bisnetos e em todo mundo que veio depois.

Ensinaram-me a ser uma pessoa boa, decente. Eu tento.

E você que truque aprendeu com sua mãe ou alguém da família?

Bicha Fêmea Convidada

Abril 29, 2009

 

Este blog mudou de endereço, que agora é WWW.bichafemea.com     >>>>> passa lá!

 

Por Rose – Receitinhas e Frescurinhas

Eu sou a Rose, uma mulher de 40 e quase 41 (15/07). Descobri o Bicha Fêmea por pura coincidência… estava euzinha pesquisando sobre decoração de natal no tio google quando cheguei a este blog… amei de paixão, li todos os posts da Lidiane desde quando começou o blog… gosto da forma com que ela escreve. A sensação que tenho é de como se ela estivesse conversando comigo… simples, direto; e é feito pra nós, sem firulas ou “frescuras”… e olha que eu adoro uma frescurinha!… rsrs

Bem, hoje literalmente eu to me achando… recebi um convite enviado por ela para que eu escrevesse na seção “Bicha Fêmea convidada”… afff… amei, adorei… e fiquei pensando: como o tema era livre, karaka! Escrever sobre o quê?

Sendo euzinha formada em alimentos, poderia escrever sobre aditivos, conservantes, corantes e todos os “antes” dos alimentos, ou ainda sobre bactérias, como guardar alimentos na geladeira, freezer etc… mas resolvi o seguinte: aniversário na minha família é uma coisa de doido… de maio a novembro, e o último é do maridex e da sogra no mesmo dia (29/11), pensa só o quanto gasto com presentes?!…. e novamente pedi ajuda ao tio google, que nunca reclama e sempre me atende, e encontrei essas versões aí para a musiquinha que não falta em niver algum…

Parabéns pra você tem origem na canção Good Morning to All (Bom Dia a Todos) de Preston Ware Orem publicada em 1893 e oficialmente registrada em 1935 pela Summy Company, empresa para a qual Orem compôs a canção.

As versões regionais no Brasil

Versão nos Estados do Sudeste e Centro-Oeste (do Brasil)

media.photobucket.com (5) (ritmo acompanhado de palmas)

Parabéns pra você
Nesta data querida
Muitas felicidades
Muitos anos de vida!
Parabéns pra você
Nesta data querida
Muitas felicidades
Muitos anos de vida!

É pique! É pique! É pique, é pique, é pique!
É hora! É hora! É hora, é hora, é hora!
Rá-tim-bum!
“aniversariante”! “aniversariante”! “aniversariante”!

  • Trocar “aniversariante” pelo nome do aniversariante em questão.

Por vezes acompanhada de Ele é um bom companheiro, versão de For He’s a jolly good fellow. Ou ainda a forma jocosa: O/A “aniversariante” faz anos!
O azar é só dele/a!
Cada ano que passa, ele/a fica mais velho/a!
GRITOS

Versão nos Estados do Norte e Estado do Maranhão (Brasil)

(ritmo acompanhado de palmas)

a3.vox.com Parabéns pra você
Nesta data querida
Muitas felicidades
Muitos anos de vida!
Hoje é dia de festa
P’ra alegrar nossas almas
“aniversariante” faz anos
Uma salva de palmas!

É pique! É pique! É pique, é pique, é pique!
É hora! É hora! É hora, é hora, é hora!
Rá-tim-bum!
“aniversariante”! “aniversariante”! “aniversariante”!

  • Trocar “aniversariante” pelo nome do aniversariante em questão.Versão no Estado da Bahia (Brasil)

    (ritmo acompanhado de palmas)

    media.photobucket.com (6) Parabéns pra você
    Nesta data querida
    Muitas felicidades
    Muitos anos de vida!
    Parabéns pra você
    Nesta data querida
    Muitas felicidades
    Muitos anos de vida!

    Chegou a hora de apagar a velinha
    Vamos cantar aquela musiquinha
    Parabéns pra você
    Parabéns pra você pelo seu aniversário
    Que Deus lhe dê muita saúde e paz
    E que os anjos digam amém
    Parabéns pra você
    Parabéns pra você pelo seu aniversário.

    É pique! É pique! É pique, é pique, é pique!
    É hora! É hora! É hora, é hora, é hora!
    Rá-tim-bum!
    “aniversariante”! “aniversariante”! “aniversariante”!

    No final pode-se ou não continuar:
    Com quem será?
    com quem será que “aniversariante” vai casar?
    vai depender!
    vai depender se “algum(a) paquera do(a) aniversariante” vai querer. GRITOS

Trocar “aniversariante” pelo prenome ou apelido do aniversariante em questão.

Versão no Estado do Rio Grande do Sul (Brasil)

imagecache.allposters.com Parabéns, parabéns

Saúde e felicidade

//Que tu colhas sempre todo dia

paz e alegria na lavoura da amizade//

(Declamado:)

Que o Patrão Velho te conceda

Em sua benevolência,

Muitas e muitas campereadas

No potreiro da existência

Parabéns a você

Nesta data querida

Muitas felicidades

Muitos anos de vida!

Hoje é dia de festa

Cantam as nossas almas

Para o/a menino/a …

Uma salva de palmas!!!!!

Parabéns, parabéns

É minh’alma quem diz!

Deus te ampare e proteja

E te faça feliz!

Versão portuguesa

media.photobucket.com Parabéns a você
Nesta data querida
Muitas felicidades
Muitos anos de vida!

Hoje é dia de festa
Cantam as nossas almas
Para o/a menino/a <nome>
Uma salva de palmas!

(palmas)

Poderão ser cantadas também por esta ordem, as seguintes quadras:
Tenha tudo de bom
Do que a vida contém
Tenha muita saúde
E amigos também

Hoje o/a <nome> faz anos
Porque Deus assim quis
O que mais desejamos
É que seja feliz!

Versão Católica (usada pelos católicos do Estado do Ceará – Brasil

(estrofe acompanhada de palmas)

media.photobucket.com 

 

Parabéns pra você
Nesta data querida
Muitas felicidades
Muitos anos de vida!

(estrofe acompanhada pela imposição de mãos direcionadas para o(a) aniversariante)
Que Jesus abençoe
Essa nossa oração
Que Maria te guarde
Dentro do coração.

Versão Evangélica (usada pelos evangélicos do Estado de São Paulo – Brasil

(estrofe acompanhada de palmas)

media.photobucket.com 

Parabéns pra você
Nesta data querida
Muitas felicidades
Muitos anos de vida!

Com Deus ao seu lado
Um novo por vir
Que vida lhe sejas
Um eterno sorrir

http://pt.wikipedia.org 

 

E para acompanhar esse ritual todo… uma receitinha que está presente em todas as festas de aniversário. Mas na minha casa além da tradicional de massa podre com recheio de frango e azeitonas ou palmito ou ainda camarão… esta é a preferida Empadinha de Queijo…

E pra fechar, lógico que tem que ter uma receitinha, ??? Essa é uma empadinha de queijo que faço há anos… uma delícia e muito bem aceita por todos…então vamos a receita.

Empadinha de Queijo (Ofélia Anunciato)

Massa:

empadinhas de queijo – 3 xícaras (chá) de farinha de trigo
– 1 colher (sopa) de fermento em pó
– sal
– 3 colheres (sopa) de creme de leite (pode ser com soro)
– 150 g de margarina
– 2 gemas
– 1 ovo inteiro

Recheio:

– 300 g de queijo prato (sempre uso mussarela) ralado no ralo grosso
– 100 g de parmesão ralado (usei provolone)
– 1 lata de creme de leite com soro (aquela que está faltando as 3 colheres que você usou na massa)
– sal
– pimenta
– noz moscada
– orégano
– 3 ovos inteiros batidos com um garfo

empadinhas de queijo Misture todos os ingredientes da massa (se necessário acrescente mais farinha tem que desgrudar das mãos) abra porções da massa em forminhas de empadinha… não precisa untar.

Misture todos os ingredientes do recheio. Coloque  nas forminhas, arrume dentro de uma forma grande e leve ao forno pré-aquecido e asse até dourar… depois de assadas elas abaixam um pouco, isso é normal por causa do queijo.

Espero que vocês gostem como o povo aqui de casa…Grande beijo e obrigada Lidiane!

Cuscuz sem cuscuzeira?

Janeiro 31, 2009

O endereço do Bicha Fêmea agora é www.bichafemea.com, você vai dar uma passadinha por lá?

marcelokatsuki.folha.blog.uol.com.br É minha gente! O que é que não faz a modernidade?! clip_image001

Para quem está a fim de comer cuscuz do jeito nordestino, que é o que eu a-do-ro, e não tem cuscuzeira, os seus problemas a-ca-ba-ram… basta ter micro-ondas!

O marido viu essa dica bacana no blog “Comes e Bebes” do Marcelo Katsuki e me mostrou, para eu dividir com vocês.

 

marcelokatsuki.folha.blog.uol.com.br No micro-ondas é bem fácil fazer o cuscuz, basta misturar 1 xícara e meia de flocos de milho+1 xícara de água+1 colher de café de sal e deixar descansar por 10 minutos. Põe no micro-ondas por 3 minutos na potência máxima. Eu não fiz, mas o blogueiro sim, e ele garante que funciona! Essa fotinha aí do lado esquerdo e acima é o resultado da experiência dele, e ele fez num ramequim.

Diz aí, alguém se habilita a tentar tanta modernidade? Hein, hein, hein???? clip_image001[5]

Perder o juízo é bom…

Dezembro 7, 2008

Este blog mudou de endereço para : WWW.bichafemea.com     >>>>> passa lá!

Dia desses estava assistindo ao programa Mais Você, quando Ana Maria mostrou a receita de um Frango Kenga.

Segundo a Ana Maria, a receita seria fácil porém trabalhosa. Resolvi fazer porque momentaneamente perdi o juízo, já que gosto de receitas rápidas e práticas, sabe?

Concluí: as vezes é bom demais perder o juízo… :)Pense numa comidinha gostosa!!!

Recomendo que façam, mas com tempo e paciência, certo? Ela usou cachaça na receita e eu, vinagre. Avalie a receita e faça, ou não, suas adaptações.

Ah! Eu fiquei envolvida nessa receita por cerca de 2 horas antes de servir. Talvez porque eu seja devagar quase parando na cozinha… 😦

Eu sou mesmo um fenômeno a parte (no pior sentido!) :(. Mas se eu consegui fazer essa receita é porque há uma luz no fim do túnel…aew! 😀

Receitinha engordiet…

Dezembro 5, 2008

Este blog mudou de endereço para WWW.bichafemea.com     >>>>> passa lá!

A pessoa que vos digita é um projeto de dona-de-casa, que tenta (gostar de) cozinhar. De vez em quando, tento “desenrolar o carretel” fazendo alguma coisita diferente, bancando a Dona Benta. É para fazer de conta que eu sou versátil na cozinha…kkkkkkk…:D

Bom, hoje resolvi postar um docinho de coco bem facinho de fazer. É beeeem engordiet, mas é tão bom! Bem, o marido (e cobaia, coitado!) provou e aprovou. 😉 Então faz aí e se delicia, bonita!!

Doce de coco com leite condensado

Ingredientes:

– 1 lata de leite condensado

– 1 medida (da lata) de leite

– 2 pacotes de coco ralado

– 1/2 xícara (chá) de água

Modo de preparo

Numa panela média, misture o leite condensado, o leite, coco e a água. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre por cerca de 15 minutos, até ficar consistente. Retire do fogo, deixe esfriar e leve à geladeira. Pronto! Simples assim… 🙂