Minha Contribuição Pessoal Contra a Violência?

O endereço do Bicha Fêmea agora é www.bichafemea.com, você vai dar uma passadinha por lá?

Blogs_Unidos_(1)[1]

Docilidade, calma, paciência, gentileza, exercício dos bons valores que aprendi desde a minha infância…

Isso não quer dizer que eu seja uma boboca que aceita tudo calada. Não! Absolutamente! Estou falando de algo diferente, estou falando de esforço pessoal para contribuir para que tenhamos um mundo melhor.

A gente está cansada de ver tanta notícia de violência na TV, nas revistas e web, não é? Isso não é de hoje…

Quando a gente discute esse tipo de assunto é natural pensar nas grandes ações, no que a gente acha que os governos deveriam atuar e como atuar. Acho tudo muito importante, mas muito mais interessante é pensar no que eu e você podemos fazer na prática e hoje, agora. Pensar em como atuamos nesse processo e no que nossas ações individuais podem implicar me parece um excelente exercício de cidadania e, acredite, pode fazer muita diferença.

geragenti[1]

Eu levanto a bandeira da gentileza no comportamento. É incontestável que agir com amor universal, respeitando as pessoas e tratando-as bem, desencadeia uma série de ações e tratamentos baseados no amor.

Então, bonita, é fundamental dar um “bom dia” para sua companhia de todos os dias, para o seu filho, o vizinho e o zelador. Pedir “licença” para as pessoas,  é uma boa prática. Pedir desculpas e reconhecer nossos erros não é nada mal, e dar um sorriso também cai muito bem. Até parece que agindo assim a gente faz bem apenas para o outro, ? Não mesmo! O bem maior é para a gente…

Agir assim não parece uma boa estratégia para educar crianças, digo, pelo exemplo?

Essa tem sido minha insistente e constante forma pessoal de combater a violência ao meu redor. Sim, sei… precisamos de muito mais. Mas algo real precisa ser feito por mim e por você, certo? E é preciso começar de alguma forma…

Este post faz parte da blogagem coletiva proposta pela Beta, editora do blog Mix Cultural, cujo tema é: O que podemos fazer de concreto para mudar este cenário de violência mundial? O que cada um pode fazer por sua cidade?

Quer participar? Para saber como e as datas, só clicar aqui!

Quer se Inspirar mais? Que tal dar uma olhada no site Gentileza.net?

Tenha um excelente e gentil feriadão, bonita!

Anúncios

23 Respostas to “Minha Contribuição Pessoal Contra a Violência?”

  1. beta Says:

    Oi gata!
    ADOREI sei texto!
    É isso aí!
    A educação tem que partir da gente!

    Parabéns!

    Bjkas

  2. ana maria Says:

    oi Lidiane

    Adorei a postagem, também penso assim.Vamos valorizar o outro e colaborar por um mundo melhor…
    Ando um pouco resfriada e sem tempo e sem cabeça com muitas coisas pra fazer.

    Bjus ana maria

  3. Graça Says:

    Lidiane,
    amei seu post contribuição para a campanha da Beta, não-violência.
    Convido-te a ir visitar-me e conhecer a minha parcela também, em forma de Projeto Educacional.
    Confira: botoesmadreperola.blogspot.com
    Se der, apareça, que me dará alegria!!!
    Um grande abraço.

  4. ana maria Says:

    Oi Lidiane

    Estava escrevendo o coemntario anterior e tive que parrar antes de acaber…queria te desejar um ótimo findi e feriadão!!!

    bjus ana maria

  5. Patrícia Pirota Says:

    Lidi,
    Que ótima forma de contribuir, bonita!
    Não apenas com suas atitudes diárias, mas também com o texto, porque os leitores sempre levam as coisas boas daquilo que lêem.
    Eu concordo plenamente que esses singelos gestos podem contribuir pra diminuição da violência. Afinal de contas, quano tratamos bem uma pessoa, seja o porteiro, a moça da padaria, o cobrador do ônibus, não estamos dando outra saída pra ele do que a de nos retribuir a gentileza =)
    Com certeza vou participar da blogagem!

    *******

    Eu também queria muito que o voto fosse apenas um direito, sem se tornar obrigação…
    Tomara que um dia isso aconteça, né. Seria um passo importante pra melhora dese país…

    Beijo procê, Bicha.
    E um ótimo final de semana!

  6. Cláudia Ramalho Says:

    Lidiane,
    Que legal essa blogagem coletiva! Muito interessante. Gostei!

    ***
    Veja bem, não é bem que eu tenha mudado da água pro vinho.
    Ano passado, fiz a festa da Maria Clara só para as crianças (bonecas). Este ano, foi pra os amiguinhos da escola, com pais, e nossa família mais íntima… aos pouquinhos eu já venho reduzindo a pompa.
    No começo, eu tinha expectativas de trabalhar com festas infantis, me empolguei como quem quer fazer um portfólio. Depois de algumas festas de pessoas da família, vi que não daria conta de aguentar um rojão do meu trabalho e de outro que tb é puxado. Isso iria me consumir.

    Como tenho emprego estável e minha remuneração é maior que a que eu receberia neste ramo (eu acho, né?), optei por desistir do sonho que me daria muito prazer, entende?

    Nunca fiz festas apoteóticas. Nunca gastei mais do que pude. Mas sempre caprichei muito em cada detalhe. Como tudo era feito por mim, o custo saía mais baixo. Mas tem o elemento “tempo”. E como dizem, tempo é dinheiro… Todo tempo gasto com os preparativos era tempo que eu me privava da companhia delas…

    Bem, que bom que somos seres pensantes e que podemos reavaliar nossas ações, não é? Só o que está morto não muda.

    Bjks

    • lidianevasconcelos Says:

      Menina! De onde foi que tu tiraste a ideia de conciliar dois trabalhos puxados, casa, marido, filhas e vida pessoal??? Tu és maluquetes, visse?!

      Acho que ainda que tu fostes solteira, ficava pesadíssimo! Mas enfim, agora entendo que tu já vinhas num processo de amadurecimento da ideia. Eu havia entendido que somente por esses dias essa ideia teria aparecido na tua cabeça. Mas pensando bem, as ideias surgem assim mesmo. Ainda que elas sejam amadurecidas, antes elas surgiram num estalo de um belo dia…

  7. Carol Says:

    Oi Beee,
    Que bacana isso heim?!?! Você é fogo! Quero participar tb! Vou dar um pulo lá no Mix pra ver que que tá rolando… E usar a cachola pra ver se eu consigo elaborar algo legal e incentivador! 😀
    Bjocas,
    Carol

  8. Tri Says:

    Lidi,
    eu condordo.
    muito bom o post!
    beijo beijo
    tri

  9. Adriana Pimentel Says:

    Gostei Muito do seu blog. Mesmo meu blog tendo completado um ano, sou nova nessas descobertas. Claudia está me incentivando a divulgar mais e trocar experiências…Espero poder de agora por diante trocarmos idéias…

    Um abraço!

  10. Patty Says:

    Lidi, adorei a postagem! Realmente, um sorriso ou um pequeno gesto fazem milagres e cá para nós, muda o dia né não?!

    Eu mesma… ando irritadissima, mas é eu chegar na faculdade, por exemplo, e ser recebida por dois amigos, ADOOOOOOORO, que ficam super felizes com minha presença!
    Enfim… gentileza, gera gentileza sim!

    Tenha um delicioso fds e feriado gata!

    bjs!

    P.S. to em falta ne… sumi de tudo! rs*

  11. Lidia Says:

    Belo texto , tb sou a favor de se praticar todos os dias a gentileza, acho que não custa nada um bom dia , ou uma boa noite ,obrigada , licença
    bjs tenha um otimo final de semana

  12. vovogeraldo Says:

    Oi, Lidiane!
    Primeira vez que passo aqui no seu blog, e achei muito interessante esse post sobre Não a Violência que piora cada vez mais. Mas o que eu curti mesmo foi os posts sobre decorações e afins. Eu mesma divulgo o trabalho do meu vô, que faz barquinhos e casinhas de madeira e acho interessante. Bem, é isso.
    Parabéns pelo blog, adorei!
    Renata

  13. Rejane Batista Says:

    Oi Lidi!
    Também defendo e apóio esta idéia, e olha que trabalhando em comércio e lidando com o publico, tenho que engolir muitos sapos para levar a educação e gentileza adiante, mas as vezes já tive vontade de estapear uns indivíduos…
    Mas é isso: as pessoas nos ensinam como querem ser tratadas.
    Ser gentil, gera gentileza; grosseria gera grosseria, e assim por diante.
    Desculpe estar sumida, mas fim de ano é correria e estou toda enrolada com o trabalho.
    Um ótimo feriado! Vou trabalhar amanhã também…. aff.
    Um beijão!
    Re.

    • lidianevasconcelos Says:

      Oxe, Rejane!
      Você não tem que se preocupar com nada viu, bicha?
      E eu não sei que você se vira nos 30 e corre de um lado a outro para dar conta de tudo a que se propõe?!

  14. Nana Says:

    Flor, quanto tempo!
    Aproveitando para colocar os blogs em leitura hehehe ou é leitura dos blogs, tu entendeu rs
    Sobre violência na TV existe um estudo disso, a nossa vida é tão punk, que as televisões mostram violência e no final um dia feliz para fazer a pessoa sentir bem e quebrar aquela corrente “mundo ruim”.
    Vai entender?!
    Mas é tudo psicológico.
    Bjsss

  15. FEM Clínica Says:

    Oiiii Lidiane!! Excelente seu texto!!! Muito jóia seu blog.. parabéns!!
    Aproveitando… publicamos o resultado do sorteio do Kit La Roche Posay!!! Já acessou o blog da FEM para ver?? Ahhh e tem recadinho para você lá! 😉

  16. Leticia Says:

    Quase sempre é nossa a opção de ser gentil ou não. Acho que temos sempre que colaborar. Um sorriso, um bom dia, um como vai você pode fazer a diferença. Reconheço que é difícil estar a fim de fazer isso todos os dias, mas tentar é o mínimo…….
    Parabéns pelo apoio à campanha da beta!
    Beijos
    lelê

  17. Luci Says:

    Se todo mundo fizer um pouquinho para melhorar nosso mundo seria ótimo! E é isso, nem precisa ser coisas grandiosas, pois esses pequenos gestos fazem mesmo a diferença.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: