Archive for Agosto, 2009

Aviso Ás Bichas Fêmeas Navegantes… É. De Novo.

Agosto 28, 2009

O endereço do Bicha Fêmea agora é www.bichafemea.com, você vai dar uma passadinha por lá?

post_3[1]

Escolhi esta belíssima foto da Beta Bernardo, do blog “Beta Bernardo.com“, para ilustrar o que vai pela minha cabeça em sonhos nestes últimos dias: viagem, praia e férias!!!!

É. Queria te dar um aviso sentindo um misto de imensa alegria e um tantinho de tristeza. Ando “a todo vapor” na minha recuperação da cirurgia, e vou viajar de férias com o marido, por isso o Bicha Fêmea vai ficar sem atualizações a partir de hoje e durante todo o mês de Setembro.

Além do fato de ser férias em si, o que alimenta a alegria é o fato de ser em Pernambuco. A tristeza é porque bem sei o quanto vou ficar com saudades disso tudo. Mas você imagina o quanto vai ser bom ver o lugar onde estão minhas raízes e memórias de infância, amigos, parentes e minha família? Melhor suprimir esse tantinho de tristeza, néam?

Pois então é isso, a gente retoma o trololó muito em breve, porque a mais trololante (Misericórdia! Haja neologismo por aqui!) de todas as bichas fêmeas sou eu, e vou voltar “me coçando” de vontade de retomar esse vuco-vuco virtual…

Lógico, não vou deixar de dar uma conferida na blogosfera. Até parece que eu conseguiria ficar totalmente afastada, néam? …cof cof cof

“Qualquer coisa, tipo, assim…”, eu também vou ler e-mails, certo?

Aproveite a vida!!

Até a volta!!

Beijos!!

Anúncios

A Dona Do Blog Que Indico É Uma Fofa! Duvida????

Agosto 28, 2009

O endereço do Bicha Fêmea agora é www.bichafemea.com, você vai dar uma passadinha por lá?

Este selo aqui abaixo eu recebi da Anna, dona do blog “Dicas da Anna”. Lógico que “me senti” quando recebi a homenagem, néam?

Obrigada, Anna!!!

Sendo assim, quero que uma outra blogueira sinta-se “a fofa” também. Por que não?!

Selo blog da fofa (eu!!!)

Sabe quem é “a fofa” que quero homenagear? É a Fabiana Correia, dona de dois blogs que frequento assiduamente: o “Delícias Culinárias” e o “Ideias e Detalhes”.

Nem faz tanto tempo assim que passamos a nos visitar mutuamente, mas desde o início a Fabiana sempre se mostrou muito gentil e participativa nos comentários do Bicha Fêmea, o que me atraiu para visitá-la em seus espaços virtuais. Chegando nos “cantinhos” dela, percebi que ambos são uma extensão do que suas palavras refletem: os dois blogs são espaços virtuais onde a sensação é de aconchego.

No “Delícias Culinárias”  eu aprendo receitas e me inspiro a arriscá-las em função da forma fácil como são apresentadas pela Fabiana; e no “Ideias e Detalhes”, um blog bem diversificado e que aborda o universo feminino, há espaço para inspiração e reflexão a partir dos mais variados posts.

Para gerenciar blogs tão legais, acolhedores e bem cuidados como os da Fabiana, a dona deles só poderia ser uma fofa, néam? Quem a conhece, não me deixa mentir, hã?!

Do Que A Boa Conversa Pode Fazer Por Um Casal.

Agosto 27, 2009

O endereço do Bicha Fêmea agora é www.bichafemea.com, você vai dar uma passadinha por lá?

Esse negócio de trololó no Bicha é mesmo tudibom porque um comentário dito aqui, outro escrito ali, uma coisa que puxa a outra, que leva a um “fio de meada” e… pronto! Mais um assunto “pano pra manga”!

Digo isso porque esse post saiu a partir de um comentário feito pela Fabi, do blog “Favas a Contar”, naturalmente um elogio que me deixou serelepe e saltitante, mas também me fez voltar um pouco no passado e fazer algumas reflexões sobre o futuro. Na ocasião em que escrevi neste post sobre as mudanças visuais no Bicha, e citei que havia colocado uma foto minha no perfil, a Fabi observou:

“…Maridão soube escolher bem,hein? :) Adorei a foto, Lidi!q Está linda!…”

DSC02331 Sabe por que refleti através dessa observação? É que marido e eu nos conhecemos pela internet, num desses chats da vida internética, e só nos conhecemos pessoalmente três semanas depois. Nos dias que antecederam o nosso encontro “olho no olho”, conversávamos ao telefone até “altas horas” e trocávamos muitos e-mails mas, creia, jamais trocamos fotos ou descrições físicas um do outro. No dia do encontro fomos “ás cegas” e somente minutos antes, quando já estávamos a caminho, perguntamos um ao outro sobre nossas roupas. Ou seja, em momento algum os atributos físicos de ambos foram razão para nossas escolhas de um pelo outro. Nos escolhemos mutuamente pelo prazer que um proporcionava ao outro nas conversas diárias, apenas isso. Deve ser por isso que costumo dizer que o cérebro do marido é lindo, antes de qualquer outra coisa.

Tenho cá comigo alguma desconfiança de que a gente colhe o melhor de um relacionamento se nosso homem nos escolher pela nossa essência, e a gente a ele, em detrimento de tudo o mais. Acredito nisso de verdade.

welcometoseniorhood.com Quero dizer com isso que nossos cuidados com a beleza e corpo são dispensáveis? Absolutamente! A gente que é bicha fêmea esperta sabe muito bem o quanto um bicho macho é “visual”, néam? Então não trata-se aqui de fazer louvor ao discurso do embarangamento. Não mesmo! Sem querer cair no lugar comum, digo que “beleza não põe mesa”, ou põe… mas, e depois? E quando a gente envelhece? Como se sustenta um relacionamento sólido, de anos, se não for pelo prazer genuíno de um ter a companhia do outro e de conversar?

Posso falar? Sinto um prazer arretado quando lembro que fui escolhida pelo meu cérebro, e pela minha essência, e não pelo resto bonetenho que, talvez, eu possa ter… quando eu olhar no espelho e vir que naturalmente minha pele estará perdendo o viço, isso será (sim) muito reconfortante.

Imagem: Welcome To Seniorhood.Com

As bichas fêmeas falam…

Achei ótimo o que a Lívia, do blog “Coisas da Liv’s”, colocou no comentário. Depois de ler este post, ela me perguntou:

“…Você conhece um texto chamado "Tenis x Frescobol", do Rubem Alves? Eu li pouco tempo antes de conhecer o meu marido e sonhei 1 dia antes de conhecê-lo que estávamos jogando frescobol… Tudo a ver com seu post…”

E a Lívia está certíssima. Tem tudo a ver com o post e, quando eu o escrevi, nem lembrava que eu já havia lido. É um texto bastante interessante onde o autor faz a comparação entre o casamento e duas modalidades de esporte: o Tênis e o Frescobol. A comparação faz muito sentido e é um alerta para quem conduz o casamento como quem joga uma partida de Tênis. Fica a sugestão de leitura porque, de fato, vale a pena. Onde? Aqui!

Bicha Fêmea Convidada em Foco – Fabi

Agosto 26, 2009

O endereço do Bicha Fêmea agora é www.bichafemea.com, você vai dar uma passadinha por lá?

A convidada desta semana é a Fabi, do blog “Favas a Contar”. Conheci a Fabi não tem tanto tempo assim, e foi num momento em que ela estava dando os primeiros passos na blogosfera. Tinha iniciado o blog e já alertava naqueles primeiros posts que tinha muito a mostrar. E não é que era mesmo?

Fabi tem se revelado uma mulher extremamente inquieta artisticamente, cheia de ideias fervilhando na cabeça. Tudo o que ela imagina vai tomando forma através das mãos, surgindo a partir de sua mente inventiva. Foi assim que já mudou o visual do blog algumas vezes, até chegar numa identidade que traduza o que ela tem a dizer e fazer. E cada vez que muda, tanto melhor vai ficando. Ela tem a habilidade de se reinventar cada vez melhor, mais bonita, mais criativa…

E tem sido assim também nas criações que ela vem dando corpo. Convites, lembranças e tantos outros mimos têm surgido graciosos e exclusivos da máquina de criar que tem se revelado essa mulher, e saem do forno com a marca FAVAS DESIGN. E como se não bastasse, muito em breve virá a tona mais um projeto profissional da bonita, que é a abertura de sua loja virtual para facilitar a aquisição de suas artes.

Há muitas e muitas favas a serem contadas…

Por Fabi Carvalhos – Favas a Contar

Ser convidada para escrever no Bicha Fêmea pela Lidiane me fez sentir um enorme orgulho de mim mesma. Sim! Afinal é um blog super querido e acessado.  Bem, isso acabou me dando a ideia do que escrever para vocês, ou seja, todo o caminho que fiz até chegar ao “Favas a Contar”.

RECAPITULANDO…

www.polyvore.com Bem, mesmo antes de entrar na faculdade de Nutrição eu já gostava muito de tecnologia, artesanato, decoração e tudo que se referisse à comunicação visual, mas isto não estava bem claro na minha cabeça. Confeccionava enfeites e bijuterias, mas não tinha, e ainda não tenho, jeito com vendas, então acabava dando tudo de presente para as amigas e desanimava, afinal quem bancava esta minha “brincadeira” eram meus pais. Isto me fez começar a enxergar o artesanato como hobby. Cheguei a pensar em fazer Desenho Industrial, mas achava que só poderia cursar quem soubesse desenhar, coisa que definitivamente não tenho habilidade. Então, fui tentar fazer um curso de Computação na PUC. Quando me deparei com equações, códigos, números e mais números saí correndo!

Como gostava de biologia e química, e minhas amigas iriam tentar odontologia, entrei no mesmo barco, e me inscrevi para Nutrição. Passei, e mesmo não gostando do ambiente hospitalar segui até o final do curso incentivada por uma professora que dizia que eu escrevia bem e deveria seguir a carreira científica. Acreditei nela e lá fui eu. Fiz três pós graduações e atuei mais de 10 anos na área de qualidade.

Em 2006, tive um ano de altos e baixos, oscilando entre momentos de alegria e decepção. Conheci meu marido na virada do ano, num clima bem romântico, digno de filme, lua cheia, champagne, massagem nos pés. Uau! Uma loucuuura! Mas a felicidade durou pouco e alguns meses depois fui informada, junto com alguns colegas também com contrato temporário no governo, que encerrariam nosso contrato no final do ano. Conclusão, estava com o pé na rua. Mas como papai do céu escreve certo por linhas tortas, em outubro recebi uma notícia que, admito, me deixou bem apreensiva, mas certamente iluminou minha vida, estava grávida! Nossa! Quase desmaiei, literalmente. Tive uma crise de lombalgia que me deixou de cama dois meses. O tempo para eu me acalmar e tentar pensar no que poderia fazer. Bem, este tempo durou um pouco mais que a gravidez…:) Só defini mesmo o que iria fazer no final do ano passado. Queria fazer algo que me desse prazer, e ao mesmo tempo pudesse ganhar algum troquinho para ajudar nas despesas.

“E AGORA, JOSÉ?”, ou melhor, Fabiana?

www.polyvore.com1 Fiquei matutando, tentando descobrir o que eu gostava mais de fazer, o que faria até de graça, tamanha era minha satisfação! De graça? Ih! O “tico e teco” acordaram e resolveram me ajudar! Lembrei da minha infância e minha adolescência, de quando passava os finais de semana na casa da minha avó para aprender crochê, das aulas de educação artística de que tanto gostava, das horas que passei fazendo enfeites de cabelo para as amigas, de quando, na mesma época do curso na PUC, resolvi fazer cursos de pátina e texturização, da descoberta do scrapbook, e do prazer que me dominou novamente durante a gravidez quando preparei as lembrancinhas de nascimento e a decoração do quarto de Sophia. É isso! Pensei.

Aprendi muito com a Nutrição, conheci pessoas de várias áreas, experimentei trabalhos em cargos distintos, trabalhei numa multinacional, viajei pra caramba, vivenciei um cargo público, me decepcionei, agora está na hora de colocar as rodas nos trilhos, exercitar a mente e cuidar da alma. Decidi buscar um lugar ao sol fazendo arte!

NOVAS DESCOBERTAS

www.polyvore.com (2) Para criar o blog foi um pulo. No final do ano passado fiz um curso de webdesigner e outro de fotografia, que me ampliaram o horizonte, me ajudando a enxergar as coisas de outra forma, saber onde procurar por informações, e a identificar melhor as oportunidades na área de design. No início pensei em trabalhar como webdesigner, mas lendo sobre o mercado de trabalho descobri que é dominado por jovens, que diferente de mim, nasceram colados na tela do computador. O que levei alguns meses para aprender, e que ainda não me sinto tão segura em desenvolver, eles fazem de costas. E as agências procuram por eles porque além da facilidade de aprender novas tecnologias, o mercado de consumo hoje em dia é voltado totalmente para eles.

Então optei por tomar um caminho não tão desconhecido, que leigamente já tinha experimentado, confeccionar produtos artesanais. O design gráfico me atrai muito, e adoro Photoshop, então acho que, no momento, criar convites e lembrancinhas é um bom começo.

E onde divulgar meus trabalhos e dividir o que tenho aprendido? Claro, num blog! Quer melhor lugar para interagir, conhecer pessoas, saber suas opiniões, descobrir novos trabalhos! Confesso que não esperava fazer tantos amigos em tão pouco tempo, o blog está completando dois meses, mas não tenho como negar, estou amando! “Ô, trem bom”!
           

Antes navegava, predominantemente, por sites. Depois que criei o blog fui descobrindo as maravilhas da blogosfera. Tão mais calorosa! Não é à toa que no Brasil os blogs vem dominando os ranks de acesso web junto com Orkut e outras redes sociais.

LICENÇA, ESTOU ENTRANDO!

www.polyvore.com (3) Alguns blogs conseguem nos remeter até a um clima parecido com o do interior, e os chamam, por vezes, até de “cantinho” ou “minha casa”. Isto acabou me lembrando de parte da minha infância.

Minha mãe é do interior do RJ, de uma cidade que faz divisa com Minas Gerais. O tempo lá parece que não passa, ou melhor, até passa, mas bem devagar. Os moradores costumam ficar debruçados na janela ou sentados na varanda, observando o dia passar. Quando passa alguém é: Bom dia compadre! Como vai a família? E de lá vem a resposta: Ih! Sabe a Dona Laurinda? Está com uma tosse que não passa.
Pronto! O conversê toma prumo, o compadre pede licença, vai entrando e a conversa vai rolando. Se no primeiro o papo não vingar, não tem problema, o outro que passar acaba ficando. Tem sempre alguém querendo prosear.

Onde nasci, em Niterói, no RJ, o clima é um pouco parecido. É que a maioria dos moradores vem do interior, e passam de geração em geração o hábito do bom relacionamento. Quando se mudava alguém para o apartamento ao lado do nosso, lá ia mamãe se apresentar levando um bolinho ou outro agrado. Ah! Esqueci de comentar, é uma tremenda falta de educação não ter nada para oferecer às visitas. Mamãe sempre usou isto como desculpa para fazer bolos, que por sinal, são maravilhosos!

E na rua? Minha nossa! Passear com mamãe leva quase o dia todo. É um tal de parar para falar com o filho de não sei quem, a amiga não sei da onde, e quando já estou quase desistindo e indo embora, “Peraí, filha! Olha a Dona Sicraninha vindo ali… Mas menina! Como sua filha cresceu!”. Danou-se! Lá vamos nós de novo!

Claro, que no fundo sempre adorei tudo isso. Quer coisa melhor do que conversar sem compromisso? Ah! É uma delícia! Aprendi com mamãe a ser atenciosa com as pessoas, à retribuir demostrações de afeto, e a conversar, Ah! Isto aprendi direitinho! Falo pra caramba! Só me inibo quando encontro alguém que fala mais do que eu.         

Daí minha admiração por blogs como este da Lidiane. Já perceberam como a mulherada “rasga o verbo” por aqui? Eu, por exemplo, escrevo testamentos nos comentários, fico até envergonhada achando que estou exagerando. E leio cada coisa legal! Muito bom conhecer a visão de cada um sobre o mesmo assunto. Acabo aprendendo mais e mais. Os admiradores do Bicha Fêmea são tão despachados e desinibidos que saem comentários super irreverentes. Mesmo na crise a mulherada não perde o humor! Bom! Sinal de inteligência e criatividade.

NO CLIMA DO BICHA
           

www.polyvore.com (4) E para concluir minha participação neste blog cheio de informações e opiniões, não poderia deixar de dar minha contribuição.
           

Há um tempo atrás, quando estava decepcionada com a competição dentro da empresa que trabalhava, li um livro que me encheu de esperança e de ideias também. Se chama  “O amor é a melhor estratégia”, de Tim Sanders. Ele sugere que dividamos nossos conhecimentos com os companheiros de trabalho e amigos para que possamos aprender sempre mais, e formar uma rede de generosidade e companherismo. Eis a descrição que consta no site Submarino:

“Ter um trabalho gratificante, ganhar o respeito e a amizade dos colegas, ser capaz de aprender sempre mais, fazer mais negócios, influenciar positivamente as pessoas — estes são os temas de O Amor É a Melhor Estratégia. Tim Sanders apresenta neste livro os três pilares do sucesso e da realização profissional: conhecimento (que você acumula com sua experiência e, principalmente, através da leitura), rede de relacionamentos (os amigos e contatos que já possui, mas que tem de cultivar) e compaixão (o calor humano que é capaz de transmitir aos outros).”

Nestes meses de blog, recebi muito apoio, estímulo e energia positiva de pessoas conhecidas e de outras que conheci pela web. Tenho visto e lido blogs maravilhosos, mas acabei me deparando com algo que me fez repensar sobre a mensagem do livro, o plágio. Copiar, além de ser uma demostração clara de ignorância, também é um ato de desrespeito e desamor ao próximo. Daí, pensei: “E como as pessoas vão se sentir motivadas a dividir seus conhecimentos se alguns se aproveitam da bondade do outro?” Então cheguei a uma conclusão, quando dividimos abrimos nosso coração para tudo que é bom. Viver a situação de ser plagiado não é ruim, pois aprendemos a nos defender e proteger o que nos é valioso. E isto só nos ajuda a aprimorarmos nosso trabalho e continuarmos a dividir o que aprendemos.

Então é isto, pessoal! Muito amor, generosidade e compaixão para todos nós! O sucesso e realização virão como resultado com certeza!
Até!

Imagens: Polyvore

Será Que Esse Mistério Tem Solução???

Agosto 26, 2009

O endereço do Bicha Fêmea agora é www.bichafemea.com, você vai dar uma passadinha por lá?

www.revolutionhealth.com O título do post é esquisito e instigante? Bom, se chamou sua atenção, então cumpriu o papel.

Explico: preciso de sua opinião neste post onde escrevi a respeito de um desodorante novo que usei e aprovei o resultado. Uma bicha fêmea que navega por aqui gostou da dica, mas tem uma dúvida que não consigo responder. Daí pensei:

 

“por que não perguntar a outra bicha fêmea navegante?”

E cá estou querendo te mostrar a dúvida. Oh! Quer ajudar? Está tudo aqui neste post. Mais de uma bicha fêmea pensando e opinando é sempre muito melhor, não?!

Atualização

E as dúvidas estão surgindo…

Imagem: Revolution Health

Fizeram Uma Bicha Fêmea Feliz, Bem Feliz…

Agosto 25, 2009

O endereço do Bicha Fêmea agora é www.bichafemea.com, você vai dar uma passadinha por lá?

Mas é lógico que eu tinha que dividir aqui contigo a belezura de mimo que recebi nos últimos dias, néam? Como não? Lógico que sim!

Será que você se lembra que comentei por aqui que havia ganhado uma caixa numa brincadeira lá no blog Criative-se?

No blog das criativas foi feito um post onde a Beta Bernardo convidava as leitoras a dizerem quem eram, de onde vinham e como haviam chegado no blog delas. Todas as comentaristas do post iriam concorrer a uma caixa confeccionada pela bonita. Oh, que luxo?! E eu comentei, néam? E não é que ganhei?!

Na verdade ganhei dois presentes a partir daquela iniciativa, sendo o primeiro a inspiração para escrever este post onde manifesto meu desejo intenso de conhecer gente nova blogosfera afora, e a partir da manifestação do desejo, muita gente nova acabou dando o “ar da graça” no Bicha Fêmea.

Agora ganhei a caixa e, fala a verdade, tenho ou não tenho motivo para ter ficado serelepe e saltitante quando abri o embrulho de entrega???

DSC02407

 

 

O pacote, delicadamente embrulhado num papel branco com fita rosa, veio com uma tag cuja identidade visual é a do blog Criative-se. A organização e cuidado me impressionaram!

 

 

 

DSC02410

 

 

Olha que lindeza a combinação de motivos da caixinha! Dá para notar pelas cores que eu escolhi para identificar o Bicha Fêmea que eu gostei demais da conta dos tons que a Beta escolheu para enfeitar a caixa, néam?

 

 

 

DSC02409

 

 

Vê? A caixa tem detalhes que brilham. Não é uma fofurice? Que bicha fêmea não ficaria rendida com detalhes tão deliciosamente femininos? Diz para mim?!

 

 

 

 

DSC02412

 

 

Aí, quando eu abro a caixa, olha com o que eu me deparo? Como assim a Beta acertou em cheio em bombons de chocolate, e ainda mais dos meus preferidos? Lógico que fiquei bem feliz, igual “pinto no lixo”. Tudibom!

 

 

 

DSC02413

 

 

 

Não poderia dar em outra. A comilança logo começou. E eu fico daqui imensamente agradecida a Beta pela delicadeza de presente: gostoso, bonito e útil.

 

 

 

Estou pensando em deixá-la no escritório com chocalates dentro, pronto para serem devorados nas horas oportunas. Vixe! O problema é que assim, á mão, qualquer hora passa a ser oportuna… cof cof cof…

De Bicha Fêmea Para Bicha Fêmea: desodorante.

Agosto 25, 2009

O endereço do Bicha Fêmea agora é www.bichafemea.com, você vai dar uma passadinha por lá?

15693_ba19d4ea0366bee4b2e1fe66a5ecab24[1] Recebi dia desses algumas amostras de um desodorante da NIVEA, o DOUBLE effect. É, esse mesmo que está na ilustração que tirei do site da marca. As amostras já foram logo chamando a minha atenção pela cor da embalagem. Já falei que gosto de lilás? Pois, gosto. A propósito, embalagem é um item que chama a minha atenção, ou não. Repele. Vai entender, ? Eu é que não sei explicar. Vai ver que é pelo fato de os sentidos das mulheres serem bastante aguçados. Você já ouviu ou leu sobre isso? Eu, sim.

O fato é que usei as amostras, e como é costume de mulher contar tudo para a outra, e a ouvinte (leitora?) considerar a opinião pessoal da que conta, cá estou para dar essa dica de bicha bem fêmea. Eu sigo de cá contando, e você decide se segue daí dando (ou não) algum crédito.

Quando peguei as amostras a seguinte promessa do rótulo me “pegou pelo pé”: o produto facilita a depilação. É que eu uso lâmina, 500.000.000 vezes por semana, e eu sei (e sinto) que esse método castiga um pouco mais a pele. Meio desconfiada, usei. E não é que, de fato, eu senti diferença? E não é que, de fato, senti a pele das minhas axilas mais suave? Fiquei chocada com o resultado, mas muito positivamente. Não sei se é o tal óleo de abacate, que consta como estando na fórmula, que proporciona esse resultado. De qualquer modo, usei e aprovei. Tinha que dividir, não tinha?!

As bichas fêmeas falam…

Ih! Tem dúvida no ar e eu não consigo responder. Quem sabe uma outra bicha fêmea, hã? É que a Raquel, do blog “Simples e Original”, questionou o seguinte, oh:

“…agora estou na dúvida, porque, eu ia comprar o da concorrente que tem a mesma proposta, o Dove Hair Minimize, alguém provou? Gostou?…”

E já tem resposta! Olha que beleza?! A Elaine, do blog “Elaine, suas ideias e mais tantas outras”, já deu a resposta dela:

…respondendo a pergunta da Raquel, eu atualmente estou usando o Dove Hair Minimize e pasmei, porque funciona mesmo. Com uma semana de uso, já vi os resultados. Ele diminui sensilvelmente a quantidade de pelos e tb os deixa mais finos. Consequentemente, achei que as axilas clarearam tb…”

Eita, lelê! Mais dúvidas… a Ozenilda, do blog “Mil e uma coisas”, questionou o seguinte:

…Ele funciona quando a depilação é feita com lâmina?…”

Eu respondo que o fato de o rótulo indicar que o produto facilita a depilação com lâmina chamou a minha atenção porque eu só uso lâmina. Nunca usei cêra e, portanto, não saberia dizer se há alguma diferença no efeito. Será que alguma outra bicha fêmea sabe responder essa???

E quem foi que disse que de um post cujo conteúdo é sobre desodorante, não pode sair um dica de shampoo, hein? No Bicha, poooode! A Raquel, do blog “Simples e Original”,que antes tinha uma dúvida, agora lança uma sugestão:

… Dos produtos Dove eu uso sempre o Shampoo para cabelos descoloridos, pois, eu tenho luzes no cabelo. Olha, não tem coisa melhor! As luzes ressecam os cabelos, mas desde que estou usando luzes há cerca de 1 ano e meio, sempre usando o Dove, meu cabelo não sentiu os efeitos do clareamento!

Eu recomendo para quem quiser experimentar, vale a pena!…”

Ideia Para Mini-Horta Em Um “Apertamento”…

Agosto 24, 2009

O endereço do Bicha Fêmea agora é www.bichafemea.com, você vai dar uma passadinha por lá?

Você já pensou na possibilidade de usar um porta-calçados, desses de pendurar na porta ou parede, como uma pequena horta vertical? É, você mesmo que não tem o espaço de um quintal para plantar suas ervas…

Pois, não é que é possível, bonita?! Eu mesma nunca vi ideia tão original! Olha só a imagem aqui abaixo:

Instructables

Fala sério! Não é interessante essa ideia? O marido viu essa solução no Life Hacker, neste post aqui, e me enviou para que eu pudesse compartilhar contigo.

Os detalhes a serem observados quanto a montagem da horta vertical estão nesta página do site Instructables.

Instructables

Instructables

As duas imagens em sequência acima deixam claro que tudo o que precisamos é do porta-calçados, um varão de metal (que pode ser de cortina) e ganchos ou arames que suportem o peso, hã?

Instructables

É importante colocar água e checar se ela escoa. Se não, há que se fazer pequenos furos em cada um dos bolsos para a água passar.

Instructables

Agora é colocar a mistura de solo apropriado para o cultivo das ervas, sem encher até a boca, caso contrário transborda tudo, néam?

Instructables

Oh, que bonitinho que fica quando as sementes germinam? LU-XO!

Instructables

Está vendo esse pedaço de madeira? É para manter a horta suspensa afastada da parede (e por isso é bom que ele tenha uma boa espessura) e garantir que a água não a umidifique, mas siga a sua rota para baixo, que é para onde ela deve ir, certo?

Ah! É para colocar a água com calma, hein? Se não for assim, vai tranbordar e “melecar” tudo logo abaixo. No mais, é buscar maiores detalhes sobre o tipo de terra adequado para as ervas e as possíveis “pestes” que podem assolar a sua pequena plantação, para se certificar de que ela cresça saudável.

ÊÊÊÊÊ!!! Agora dá para ter hortinha no apertamento, hã?

Imagens: Instructables

As bichas fêmeas falam…

Olha a ideia ótema que a Letícia, do blog Estúdio de Design”, deu para adaptar a ideia para um jardim suspenso:

“…Lidi, imagina fazer um desses com várias espécies de flores coloridas? Deve ficar um arraso. Ainda mais bonito do que com ervas. Ou até mesmo com marias sem vergonha (que pegam fácil), brincando com as cores – uma branca, uma amarela, uma vermelha, uma rosa… brincar com as cores! Ficaria lindoooo de morrer, já consigo até imaginar. Mas precisa colocar em um lugar iluminado, senão elas secam fácil. E é mto fácil repôr!…”

A Yvone, do blog Casas Possíveis”, trouxe dicas para “abrasileirar” e tornar a mini-horta suspensa ainda mais popular:

“…Deixo a minha versão: Compraria uma sapateira dessas de plástico resistente (tem umas lidas com aquele material igual das bolsas de feiras), tem de lona, de plástico grosso (de todas as cores).

Não colocaria a terra direta no interior da peça. Dá para colocar as mudinhas em latinhas, embalagens de cremes e xampus, saquinhos de plásticos e mesmo em mini vasinhos de plástico…

Dá para usar varão de bambu para fixar e sustentar todos os lados necessários. Podem usar cabos de vassouras, tubos de cobre , cabo de aço, e até tubos para passar conduites…”

A Kelly Mansur, do blog “Design Singular”, deu a seguinte advertência para a execução desse projeto:

“…é projeto interessante para aquelas plantinhas que podem ficar pouco tempo expostas a luz solar. O calor do sol poderá ressecar o plástico (dependendo da qualidade deste) ceder a ponto de rasgar com o peso do que for encaixado nos bolsos…”

Selo Mulher Bem Resolvida

Agosto 24, 2009

O endereço do Bicha Fêmea agora é www.bichafemea.com, você vai dar uma passadinha por lá?

Selo recebido da Ilália, do blog “Maquiagem Mineral”.

Selo mulher bem resolvida

 

Este selinho eu já havia recebido antes e publiquei duas vezes: aqui e aqui. Então, por esse motivo, não vou repassá-lo dessa vez. Mas de toda forma eu fico agradecida a você, viu Ilália? É sempre muito bom ser lembrada nessas brincadeiras. De verdade!

E Eis que Chegou, e Era Tão Esperado…

Agosto 21, 2009

O endereço do Bicha Fêmea agora é www.bichafemea.com, você vai dar uma passadinha por lá?

…o fim de semana, ? Fala sério se não era isso o que você estava super a fim que chegasse logo?

Delícia, hein?

Eu estou ansiosíssima esperando por ele. Não, não tem nada demais em meus planos. É que esses dias mais calmos, longe da rotina, me deixam mais observadora com relação a tudo, com relação a vida.

Pequenas coisas, simples e delicadas, são capazes de roubar a minha atenção, como a imagem tão sensível dessa flor que a Danny, do blog “Fotos da Danny”, captou.

O tempo de fim de semana é para isso também, para perceber a vida, nos detalhes. Então aproveite esse tempo, seu tempo, sua vida, a vida…

…que é para ser vivida.

A gente sabe que a vida em sua essência é tudo o que temos de mais importante, mas parece que esse “saber” fica no subconsciente, no segundo plano, num canto nãoseionde

Na maioria das vezes não encaramos isso com a lucidez, essa é uma boa hora, ?

Vivamos nossas vidas, sejamos gratos e, clichês a parte, tem um monte de coisas nessa vida que são mesmo uma besteira sem tamanho… o importante é estar vivo, dia após dia…

Ah! Sugiro a leitura deste post, no mínimo inquietante, da Patrícia Pirota, do blog “Ainda MininaMá”. É para alimentar a alma, é para colorir a vida, e tudo vai começar a fazer sentido…

Bom fim de semana!!