Quando eu crescer…

Este blog mudou de endereço para WWW.bichafemea.com     >>>>> passa lá!

…é o que fiquei pensando…clip_image001[4]

Quando vi imagens absolutamente inspiradoras e hipnotizantes lá no blog “A Field Journal”, e que foram tiradas na região conhecida como Chinatown, em Los Angeles, suspirei.

http://afieldjournal.blogspot.com/

Quanta beleza pode-se extrair de detalhes!?

http://afieldjournal.blogspot.com/

E a nestalgia que dá, não sei do quê, ao se apreciar essa imagem?

http://afieldjournal.blogspot.com/

E a alegria de dia tão bonito que essa imagem captou?

http://afieldjournal.blogspot.com/

Quanta riqueza, quantas cores, quanta diversidade!!!

http://afieldjournal.blogspot.com/

Quanta poesia que há na simplicidade?!

DSC00102

Pois é, da próxima vez que for ao bairro da Liberdade, em São Paulo, quem sabe inspirada por essas imagens eu perceba o que pode haver de melhor por lá?! É por essas e outras que preciso crescer, e muuuuitoclip_image001

Advertisements

14 Respostas to “Quando eu crescer…”

  1. Raissa Says:

    Às vezes penso nisso também, não sei se o que vou falar tem a ver com o tema do post, mas… fico pensando se serei capaz de fazer coisas grandiosas, e para chegar nisso, se o que estou fazendo no presente está me fazendo bem, me levando pro caminho certo. Sempre tenho muitas dúvidas e entendo quando minha mãe se preocupa comigo em relação a arranjar um bom emprego – e fixo – que me traga uma boa renda e alguma satisfação, apesar de ela (minha mãe) ser dura às vezes.

    E aí tenho que confessar que me desespero, fico pensando que as coisas podem não dar certo, quer dizer, talvez as coisas não aconteçam da maneira que eu tou imaginando, mas eu gostaria de me sentir mais segura, sabe?

    Talvez eu tenha levado muito a sério, mas são coisas que passam pela minha cabeça… e foi uma maneira de refletir. 😉

  2. aninha Says:

    imagens lindas e inspiradoras.

    bjss

  3. Dolly Says:

    Talvez esse colorido das lanternas tendo por fundo um dia azul magnifico te dá a sensação de liberdade! Navegando pelos posts internacionais e com vivência de quem já morou do lado de lá do mundo vejo que aqui levamos uma vida mediocre! Lá se trabalha e muito, se rala pra valer mas o tempo rende e como rende, a vida flui de uma maneira diferente; aqui vivemos sob o impacto da sobrevivência que nos pressiona dia e noite..Lá .vejo moças, senhoras que mergulham em seus trabalhos e vencem..aqui a grana sobra cada vez menos. Ai leio a mensagem da Raissa e lembro de meu pai, quando abdiquei de meu trabalho para ser mãe integralmente foi dificil mas na minha santa ignorância eu achava que meus filhos não poderiam ir para escolinhas e então parei no tempo! Ele meu pai, como a mãe da Raissa, como eu nos dias de hoje, me arranco os cabelos para incutir na cabeça de meus pimpolhos as garantias e segurança de um emprego fixo… o futuro um dia vai chegar para todos..ninguém vai escapar da velhice; assim, com segurança talvez possamos ser como os balões de chinatown…voar livres pelo espaço..
    Agora convenhamos, tudo o que os chineses fazem é cheio de detalhes…e não só êles, a cultura milenar dos povos al di là del mare, é fantástica..Enquanto aqui, tão somente 509 anos, temos muito a aprender mas não podemos esquecer que o Brasil foi construido com uma miscigenação de raças enquanto êles, são puro sangue, legítimos e cultuadores das origens…e nós? qual origem devemos seguir?
    bjs Dolly

  4. faby Says:

    Olá querida, vim agradecer a visita e adorei o blog.
    Estas imagens são realmentes inspiradoras.
    Um super beijo e um ótimo feriado!
    Faby

  5. KAROL Says:

    OI, FICO FELIZ QUE TENHA GOSTADO DA MINHA CASA NOVA, FALTAM ALGUNS DETALHES, MAS LOGO ESTARÁ PRONTA… PRA OUTRA MUDANÇA!KKKKK
    AMEI O A FIELD JOURNAL, QUANTAS FOTOS MAGNIFICAS… UM SHOW E TO ANIMADA EM VER AS BICHAS CONVIDADAS, Q LUXO! BEIJINHO

  6. Nana Says:

    Oi gata!
    Nossa, quantas coisas não consegui acompanhar rs
    Mas adorei tudin tudin.
    Amo o bairro da Liberdade, adoro comer lá e ver tanta gente se divertindo.
    Eu encontrei a sua beleza.
    Essas fotos estão demais.
    Bjss e bom final de semana.

  7. Regiane Says:

    Olá!
    Adorei conhcer suas idéias,principalmente o post de decor das mesas.Sou uma apaixonada pelo assunto decoração de mesas.Mesmo com poucos recursos,usando a criatividade,dá pra criar coisas lindas!
    bjs
    Regiane

  8. Raissa Says:

    Deixei um selinho pra vc no blog ;*

  9. Lúcia Says:

    Serve para todons nós, né? Lindas fotos! Bjins

  10. Dri Viaro Says:

    Olá, estou passando pra conhecer
    bjs otimo feriado

  11. Lidiane Vasconcelos Says:

    Oi, Raissa!
    Antes de mais nada, quem disse que o que você comentar tem necessariamente que ter alguma coisa a ver com o post? Se o post te suscita algo, pronto! Tudo a ver… 😉

    Fiquei pensando no que você escreveu sobre teus anseios com o futuro, e penso que (talvez) você esteja se cobrando demais… sei lá… É que você disse que fica pensando sobre se conseguirá fazer coisas grandiosas…

    “Coisas grandiosas” é tão amplo… e relativo. E você diz que tem receio das coisas não darem certo. Novamente, penso que “dar certo” também é relativo.

    Se te consola, deixa eu te falar uma coisa: sonhei um monte de coisas para minha vida quando estava na “facul”, e julgava que essas coisas sonhadas eram grandiosas. No meu caso, o que eu pensava ser grandioso estava diretamente ligado a fama e dinheiro, dentro da área que eu havia escolhido. O tempo foi passando, a vida pondo oportunidades e escolhas diante de mim, e fui escolhendo. E escolhas têm consequências, certo? Assumi todas. Hoje tenho uma vida COM-PLE-TA-MEN-TE diferente daquilo que sonhei ter, e não há nada grandioso se comparado ao que sonhei antes. Mas vivo a realidade, não de sonhos, e… posso falar? Não trocaria MESMO a vida de hoje pela que sonhei um dia, sou grata a Deus e acho que tenho uma vida grandiosa…porque sou feliz. 😉

    Mas isso sou eu, é a minha vida. Não sei como será a sua…nem você sabe. Desejo que você chegue com equilíbrio ao seu ponto de grandiosidade, e seja feliz. Seja honesta consigo, seja honesta com quem cruzar seu caminho, faça as coisas com o coração (raciocine ás vezes, é bom…ehehehehe) e seja feliz!

    Ah!!! Vou ver o selinho, néam?

    Beijos

    PS.: Fiquei emocionada ao ler um post tão espontâneo, tão sincero. Imaginei que você realmente gosta do Bicha para falar coisas assim por aqui… obrigada porque me senti lisonjeada de alguma forma. 😉

    Oi, Aninha!
    Obrigada! Bom que tenha gostado. 🙂

    Beijos

    Dolly
    É bem provável que seja uma sensação de liberdade mesmo a que a foto de céu azul provoque… pode ser…

    Relativo é que é o conceito de liberdade para cada um…

    Beijos

  12. lidianevasconcelos Says:

    Oi, Faby
    Fico feliz e satisfeita por você ter visitado o Bicha e ter gostado do que viu. Isso é muito massa! …ehehehehe…
    Volte sempre!
    Beijos

    Oi, Karol!
    Gostasse do Field Journal? É muito massa mesmo aquele blog. Imagens bonitas, que prendem a atenção da gente…show!
    Vou acompanhar de perto a nova fase do “A dona do mundo”… e ansiosa para ver quais serão as cenas dos próximos capítulos…ehehehe…

    Beijos

    Oi, Nana!
    O bairro da Liberdade é muito massa, mesmo. Sempre que possível passo por lá…e me acabo nas comidinhas das barracas…tuuudoooo!!!

    Beijos

    Oi, Regiane!
    Obrigada pela visita e elogios. Sempre que possível sai algo de decoração por aqui, fruto de minhas adanças e aprendizados pela web afora.
    Espero te receber mais vezes no Bicha para ver as novidades…

    Beijos

  13. Rose Says:

    sabia que nasci em São Paulo, mas sinto uma falta desse lugares…a liberdade, a 25, a Paulista…afff…mas quando estou lá sinto uma falta do meu lugarzinho tranquilo aqui…de poder sair e deixar o portão aberto, roupa secando ao sol…quando os filhotes eram pequenos…saiam sozinhos, se você perguntasse na rua alguém sempre sabia onde eles estavam…uma delicia…saio mais daqui não…Bjokas

  14. lidianevasconcelos Says:

    Gostou das fotos, Lúcia? Demais mesmo… fiquei hipnotizada por elas, por isso nãoo tive como não trazê-las para mostrar no Bicha… srsrsrsrsrs…

    Beijos

    Oi, Dri!
    Bom tê-la no Bicha Fêmea!
    Espero que tenha gostado do que viu e volte sempre. 🙂
    Beijos

    Rose, então o Rio de Janeiro é o teu lugar e não se fala mais nisso. 😉

    Beijos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: