Archive for Novembro, 2008

Huuuuummmm… que cheirinho bom!

Novembro 28, 2008

Este blog mudou de endereço para WWW.bichafemea.com     >>>>> passa lá!

zen_Nag_Champa_15g_[1]

Todo mundo tem sempre uma carta na manga para tornar o lar doce lar um ninho ainda mais aconchegante não é?:)

O meu artifício predileto para envolver a casa em um estado de sentimentos assim é acender um incenso. O aroma do incenso estimula meus sentidos e é indiscutível que deixa a casa com um cheirinho “bom demais da conta”. E por falar em cheirinho “bom demais da conta”, descobri o incenso Nag Shampa através do site Casa da Chris. Chris fala por lá que esse é o preferido dela porque tem um cheirinho de talco. Fiquei curiosíssima porque eu já usava os incensos, mas não conhecia esse Nag Shampa. Procurei aqui em Campinas e vi que o preço era bastante diferente dos outros. Enquanto há incensos com custo de R$ 4,00, o Nag Shampa custa a bagatela de R$ 12,00 (a caixinha com 10 palitos). 😦

Comprei, tamanho era o entusiasmo da Chris com esse incenso. Gente!Que coisa boa é essa? 😮 Fico nos ares quando acendo o incenso. A casa fica envolta num perfume suave, gostoso e calmante. É de fato um cheirinho de talco, e é tããããão bom, que eu super hiper mega recomendo meeeesmo. Vale sim o investimento um pouco “salgado” nos palitinhos. Certamente não haverá espaço para arrependimentos.

Campanha pessoal…

Novembro 26, 2008

Este blog mudou de endereço para : WWW.bichafemea.com     >>>>> passa lá!

…contra os HOAX. Isto mesmo! Comecei uma campanha pessoal (e já faz um tempinho) contra os HOAX. Qua bicho é esse? Os HOAX são correntes de boatos, das lendas e dos golpes. Vai vendo, bonita!

Ação – Uma amiga me enviou um e-mail onde pedia-se o repasse ao maior número de pessoas possível como sendo uma estratégia de marketing da empresa citada naquele texto. Segundo a mensagem, aquela empresa iria contabilizar as pessoas que tivessem feito o maior número de repasses, e esses “felizardos” iriam ganhar um celular fabricado pela empresa descrita no e-mail. Detalhe: a empresa apenas fabricava computadores… 😦

Reação – Respondi a mensagem chamando a atenção da minha amiga para o fato de que aquela empresa não fabricava celulares. Simples assim. 😉

Ação – Recebi de um primo um e-mail dizendo que um remédio de nome, digamos, sui generis, estava sendo usado como a pílula do estupro. Segundo a mensagem, o remédio provocava amnésia e prevenia gravidez na vítima (“óia” que estuprador bonzinho, ó? Se dar ao trabalho de dar uma pílula milagrosa dessa a vítima??!!)

Reação – Pesquisei no google e localizei (bem rapidinho) uma página onde já havia a explicação que “desconstruía” esse HOAX, com as razões que justificavam o caráter mentiroso do boato, e enviei ao meu primo.

Ação – Recebi de um amigo um e-mail cuja mensagem dizia que o dono de uma multinacional norte-americana foi a TV dizer que ele tinha pacto com o Diabo e revertia grande parte do que lucrava em doações para a Igreja do Diabo (cruz credo, sai de reto!!!). A mensagem convidada os Cristãos ao não consumirem os produtos daquela empresa. Detalhe: a empresa em questão é de capital aberto e, portanto, não tem um “dono”… 😦

Reação – Também numa pesquisa muito rápida localizei uma página que já desmascarava o HOAX, com detalhes que comprovavam aquela besteira toda. Enviei minha “descoberta” (feita sem o mínimo esforço) para o meu amigo.

Situação – Recebi de uma amiga um e-mail com apelos emotivos falando de uma criança que foi encontrada e estava sem a família, e o e-mail pedia o repasse para divulgação daquela situação triste. Nesse e-mail estava o nome da instituição de caridade onde a criança estava.

Reação – Contactei a instituição (via “FALE CONOSCO”, depois de localizar a página da empresa na WEB) questinando a veracidade da situação. Resultado: recebi retorno informando que a situação não era real. Informei minha amiga da “descoberta”.

Essas situações e reações são apenas algumas que vivenciei. Toda vez que eu recebia um HOAX de um amigo(a) pensava: pelamor! Essa criatura está no piloto automático enviando tudo sem pensar? Eu que não engulo qualquer coisa que me sirvam sem saber se tem pimenta na iguaria, pensei: quem mais vai começar a chacoalhar esse povo sou eu. Ponto. 😀

Agora, tão logo recebo uma mensagem dessas, trato de lê-la e me dar ao trabalho de buscar subsídios para dizer a pessoa que me enviou, muito gentilmente e prezando meu bom humor, que a mensagem dela é uma falácia, enrolação, besteira, um lixo obsoleto… ou qualquer coisa assim, entende?

Por mais bobo que pareça ser, esse é apenas um simples exercício de tomada de consciência do que se faz no dia-a-dia, minha gente! A mais simples ação deve ser pensada e realizada com consciência do que se está fazendo. Somos pessoas inteligentes e não podemos levar a vida no piloto automático. Jamais! Isso serve para todos os aspectos de nossas vidas, todos. Sem exceção!!!!

Ainda tenho mais alguns amigos desavisados enviando o tal do HOAX. Desistir de chamar a atenção deles? Jamais. Eu sou brasileira, e não desisto nunca…ehehehehehehe 🙂

Parece óbvio…

Novembro 25, 2008

illustrationsof.com

Estava eu, serelepe e saltitante, dando umas olhadinhas nos blogs de meninas por aí afora, e eis que no blog Canto da Lu havia uma indicação para o Chez Larsson. Inquieta, vasculhei o blog da moça sueca e eis que acho um passo-passo para passar roupa. Pensei: Ah! Vai! Passar roupa? Isso é tão óbvio! Precisa passo-a-passo? 😮

Vai pensando, bonita! A moça da Suécia mostra um técnica toda especial, porém muito simples, para passar camisa masculina. Tá! Isso mudou minha vida! Eu não sou mais uma mulher que perde a paciência passando camisa masculina. Isso agora é “miolo de pote” pra mim. Minha vida agora tem um divisor de águas: passar camisa masculina ANTES e DEPOIS da leitura do post, sobretudo o item 2, bonita! É o tal do item 2 o “pulo do gato”…ehehehehehehehe

O post está aqui. Oh! É em Inglês. Mas quem não “desenrolar o carretel” na língua do tio Sam, olha bem para o passo-a-passo nas fotos (sobretudo o item 2, viu?) e vai com fé que vale a pena. 😉

Me recuso…

Novembro 24, 2008

Este blog mudou de endereço para : WWW.bichafemea.com     >>>>> passa lá! 

Neste último final de semana estive no shopping. Onde está a tal da crise, pelamor?! 😮

Lá, não está. Novembro nem acabou, e a loucura é geral. É um corre-corre, um burburinho, um fru-fru de sacolas ensandecido. Todos estão tomados pelo apelo do consumismo. É + tudo + para + agora + nesse + momento + antes + que + acabe + o + mundo!!!!! 😮

As pessoas se deixam dominar pelo sentimento do “tem que”. 😮

Elas “têm que” comprar presentes caros ou baratos, mas “têm que” fazê-lo. 😮

Elas “têm que” comprar (todo ano) apetrechos para a decoração da casa. Se não comprar algo novo para decorar a casa, então elas “têm que” arrumar tempo para confeccionar algo novo. 😮

Elas “têm que” comprar os móveis novos agora, afinal elas “têm que” mostrar a casa impecável quando os familiares chegarem. Claro! Elas “têm que” impressionar! 😮

lara_larinha.blogger.com.br

                  É isso o Natal? 😮

amadeo.blogs.iol.pt

Não. Me recuso a pensar que seja. A mim basta a alegria de ver as luzinhas e sentir a chegada do aniversário de Jesus Cristo. A mim basta me colocar num período de reflexão sobre a razão de Cristo ter vindo ao mundo, e com isso tentar reproduzir o mínimo que seja na minha postura de doação e respeito aos que estão ao meu redor. É o bastante para mim. 🙂

saadcastellobranco.com.br

Eu não “tenho que” fazer qualquer coisa. Eu faço se eu quiser, o que quiser e como quiser. A mim basta uma vida mais simples, leve, descompromissada de tantos “tens que” que tanto nos empurram goela abaixo (e a gente engole sem se questionar). Eu só sei ser feliz assim. 😉

Do nome

Novembro 22, 2008

Este blog mudou de endereço para WWW.bichafemea.com >>>>> passa lá!

pecademissaoevatrabalhar

Foi na época de faculdade que conheci a expressão “bicha fêmea” através de Wilza, uma amiga querida que tem muuuuuito senso de humor. 😀

Wilza, as outras meninas e eu chamávamos umas as outras de “bicha fêmea” quando estávamos falando de qualquer coisa que nos interessasse, de política a cor do batom. E qual a proposta desse blog senão essa mesma? 😉

Foi assim que nasceu, então, o “bicha fêmea”… 😀